Yamada-kun to Nananin no Majo, é uma série semanal publicada pela editora Kodansha, e escrita por Yoshikawa Miki. A sua tradução literal seria Yamada-kun e as Sete Bruxas.

A adaptação de anime, iniciou-se em 2014 pelos estúdios da Liden Films (Black Rock Shooter, Kill la Kill, My Teen Romantic Comedy, Ore no Imouto 2s, Nisekoi), mas somente em abril deste ano (2015), sua transmissão teve início, pelas emissoras Tokyo MX, ytv, TVA, TVQ, TVh, RNC, BS11 e via broadcasting da Crunchyroll.

Apesar de sua produtora não ser de tanto destaque, por ser um estúdio focado em produção cooperada, ou de suporte, Yamada-kun não apresentou motivos para não acreditar no potencial da mesma. A série que está atualmente próxima dos episódios finais conseguiu rebater uma crítica muito conhecida para séries que tratem dos assuntos: romance, comédia e bruxas; pois ela saiu daquele círculo standard que a maioria das adaptações vem seguindo para os temas.

Yamada-kun até o momento conseguiu conquistar fãs de comédias românticas que não conseguiam acreditar que uma série onde o foco são “bruxas” seria capaz de apresentar uma boa estória romântica. Diferente de romances mais profundos, onde o drama é mais presente, Yamada-kun conseguiu com pequenos momentos de dramas seguidos por climax conciliar uma boa comédia-romântica com o tema bruxas, deixando o clichê de lado, uma vez que muitos animes relacionados a bruxas costumam ser parados, ridicularizados ou com um humor forçado até de mais.

Os characters (ilustração de personagem) do anime não ficou ruim, e mesmo pensando que poderia ser um pouco mais caprichado, mas considerando o baixo orçamento e o milagre feito com tantos cenários, vemos o esforço dos animadores em nos entregar personagens com diferenças marcantes que distinguem cada um do todo.

A sonoplastia, acredito ter deixado a desejar, pois temos na série, somente as belas vozes do casting de dublagem fazendo a diferença, faltando a adição de alguns efeitos e a marca de uma plástica única, mas nada que impeça uma boa experiência com o anime.

Embora não tenha conhecido o mangá da série que deu origem a essa adaptação, acredito que a cronologia seguida, os eventos no enredo, esteja ocorrendo de uma forma bastante saudável, pois nota-se que os personagens estão sendo introduzidos cada um no seu espaço e tempo, e na medida que a estoria avança, a soma de atos e acontecimentos também ocorrem, assim tendo um sincronia bastante agradável para quem aguarda dias para assistir a este semanal.

Pessoalmente, tenho gostado bastante da adaptação, espero que o clímax deixe aquele aperto no coração, pois sem dúvida será uma série para ser lembrada, mesmo que suas vendas não sejam tão volumosas para uma 2ª temporada, afinal, apesar dos esforços de toda a produção em entregar um anime de qualidade, a série tem em sua disputa, concorrentes de peso como DanMachiOregairu 2 e Highschool DxD Born que provavelmente juntos irão atrair o principal público da comédia romântica.

Confira abaixo o trailer, assistam se for de seu interesse e não deixem de comentar.

Onde assistir: Crunchyroll