Nintendo parece superar as expectativas com seu NX. Cheio de mistérios, o NX da Nintendo teve um vazamento especulativo bastante intuitivo, onde à Eurogamer, site de conteúdo para gamers, afirma que através de fontes confiáveis, detém detalhes do futuro console.

Conforme o site, a nova plataforma da Nintendo deve se tratar de um portátil híbrido, com um hardware avançado e um segredinho: dois controles destacáveis, que ficam presos nas laterais. Ao que entendemos, o console tem funcionalidade parecida com o Nintendo 3DS e o concorrente Sony Playstation Vita, graças a uma tela dedicada. Mas seu diferencial não está aí, e sim em sua base que permite a conexão com televisores, deixando o console mais próximo de um “console”.

Agora, falamos do cérebro, do poder, do núcleo do Nintendo NX, se trata da primeira derrota da AMD e vitória da Nvidia no mundo dos consoles fechados, onde a Nintendo optou por equipar seu híbrido com um chipset Tegra (Nvidia).

Um aspecto a ser considerado é o formato de mídia, onde a Nintendo abandona o formato disco de mídia e renova seu projeto de cartuchos (á décadas), equipados com memória flash de até 32 GB de armazenamento bruto [algo que pode preocupar, se considerar as grandes franquias destinadas ao console de mesa, e algo muito bom para os jogos centrados em portáteis]. Falando em jogos, um ponto ruim, a Nintendo já oficializou que seu novo aparelho não terá nenhuma forma de retrocompatibilidade, então quem investiu em Wii e Wii U, pode esquecer de tentar usufruir dos jogos deles.

É bastante difícil adivinhar o que está por vir, mas uma coisa sabemos, mudanças necessárias ou não, estão acontecendo e a Nintendo não tem errado (Pokémon Go).