Todos os fãs da série de animação e games japonesa Sword Art Online, em todo o momento tem o pensamento “Como eu gostaria de viver dentro deste jogo”. Graças a IBM, estamos um paço mais próximo de vivenciar tal experiência.

Sword Art Online é um anime passado no ano de 2022 em que um grupo de milhares de pessoas se vê preso no primeiro MMORPG em realidade virtual do mundo. Para saírem de lá, os gamers devem derrotar o chefe que se encontra no 100º andar da gigante fortaleza voadora de Aincrad; as ameaças encontradas no caminho, porém, são reais para os jogadores, visto que o equipamento VR usado por todos pode literalmente matar quem morrer dentro do MMO.

Segundo a página oficial do título, Sword Art Online: The Beginning vai utilizar a tecnologia do supercomputador Watson em conjunto do sistema de computação na nuvem da SoftLayer para recriar a versão tridimensional de Aincrad. A ideia da IBM Japan, com isso, é mostrar para os gamers o que seria possível alcançar nos jogos com a ajuda da Computação Cognitiva.

Foi confirmado que Reki Kawahara, criador da visual novel que inspirou a série, está envolvido no projeto, afim de manter o prestígio que o título tem em suas modalidades atuais. Sabemos, por exemplo, que assim como na história original, a IBM vai utilizar modelos 3D dos próprios jogadores como seus avatares, mas nada foi dito sobre o ambiente virtual em si onde os gamers vão se aventurar pelas missões.

Entre os dias 18 e 20 de março ocorrerá um teste alfa no Japão, o que deve trazer mais detalhes sobre o que vem por aí.

Era de se esperar, que com o avanço das tecnologias vestíveis, e da evolução da tecnologia de Realidade Aumentada, ou Realidade Virtual, teria como ancoras grandes franquias, como tem sido Pokémon Go (Nintendo), e agora SAO.

Diferente da história do anime, é claro, os gamers não vão utilizar um aparelho como o NerveGear, capaz de converter nossos pensamentos em ações dentro do jogo. No lugar disso, SAO: The Beginning vai ter suporte ao Oculus Rift e o HTC Vive para gerar o cenário virtual; já os comandos e ações do personagem serão feitos através de sensores que vão captar cada movimento do jogador.

Fonte AnimenewsNetwork Via Tecmundo.