Tsugumomo ganhará Anime. E o mangá de Yoshikazu Hamada ganhará uma adaptação para anime de TV conforme anunciado nesta última segunda-feira (12/09) pela capa do volume nº 18 (mangá).

A série de gênero comédia romântica misturada com ecchi e uma puxada para o lado sobrenatural terá sua adaptação em desenvolvimento e publicação no próximo ano (2017).

Apesar do anúncio na capa do mangá não informar o formato da adaptação (filme, série de TV ou OVA), o departamento editorial da revista Monthly Action da Futabasha, postou uma montagem para a sua edição de Novembro onde confirma que Tsugumomo será uma série de Anime TV. Esta edição da revista será lançada em 24 de Setembro no Japão.

Sinopse comentada
Kazuya Kagami nunca vai a lugar algum sem o precioso “Sakura Obi” que sua mãe lhes deu. Um dia, uma bela garota vestida com um Kimono, chamada Kiriha apareceu diante dele.
Depois de certos acontecimentos, Kiriha naturalmente começou a morar com Kazuya em seu quarto, o que então Chisato, a amiga de infância de Kazuya, caracterizada pelo seu óculos e um cabelo penteado de rabo de cavalo, começou a se intrometer na “relação” dos dois.
Não podendo esquecer, há também uma irmã mais velha e super protetora que sempre demonstra querer tomar banho com Kazuya.
E para fechar as eroinas, temos a sacerdotisa, uma atrapalhada com volumosos seios e a linda feiticeira chamada Kokuyoura.
Tsugomomo tem lindas mulheres e garotas picantes que dão início a “vida feliz”, confusa e embaraçosa de Kazuya.

Outras Informações
Hamada lançou a série na revista de mangás pela web “SEED COMIC!” da Futabasha em 2007 e em seguida, mudou-se para a WEB Comic High! quando a SEED COMIC! encerrou suas atividades. O mangá passou s ser publicado na revista Monthly Action da Futabasha, onde está sendo publicado até agora.

REVISÃO GERAL
Expectativa
FONTE@gekkanaction
COMPARTILHAR
Artigo anteriorSangatsu no Lion PV #autumn2016
Próximo artigoE saiu o trailer de Ajin 2 com fripSide e angela
Experiente editor de mangás e tradutor de animes e séries, gestor de websites e colunista crítico de diversas áreas. Apaixonado por jornalismo e fanático por boas comédias românticas, curte uma ficção científica e aquele bom e velho futebol do time dos "nerds".